Tráfego pago x Tráfego orgânico

A luta de dois gigantes: Tráfego pago x Tráfego orgânico. A decisão de investir em uma estratégia de tráfego deverá levar em consideração alguns fatores como: objetivo, custo-benefício, urgência de resultados.

O desejo de todo empreendedor é conquistar novos clientes e turbinar suas vendas. Para que isso possa acontecer, o primeiro passo é fazer com que sua empresa seja conhecida. E para conquistar essa “fama”, a sua empresa deve investir em estratégias de Marketing Digital e entre elas existe a de tráfego que traz grandes resultados.

Tráfego orgânico
A principal vantagem do tráfego orgânico é não ter um custo direto. Mas é preciso um investimento em produção de conteúdo a longo prazo, com a aplicação das técnicas adequadas para obter um bom resultado. Seu conteúdo precisa ser muito bom para alcançar a primeira página de buscadores como o Google, trazendo uma visibilidade para sua empresa.

Quantas vezes você foi pesquisar algo no Google e clicou em um link que apareceu na primeira página de busca? Pois é, seu conteúdo precisa ser bom, melhor que isso, seu post precisa ajudar alguém a solucionar um problema ou trazer alguma informação.

Tráfego pago
Como nome já diz, é necessário um investimento direto, o anúncio é pago e o resultado é garantido. Isso é feito por meio de anúncios criados no Google Adwords, plataforma de anúncios do site de buscas do Google. Quando alguém busca pelas palavras-chave que você pagou no anúncio escolhido, encontrará seu site na primeira página.

Exemplo: A pessoa pesquisa por Curso de Marketing Digital, dicas de marketing digital. Sua empresa vai aparecer na primeira página de pesquisa. Com tráfego pago é possível escolher para qual público você deseja anunciar, localização ou fazer um remarketing para quem já teve alguma interação com seu produto ou serviço.

Qual o melhor?
Como você viu, tanto o tráfego orgânico como o pago tem suas vantagens. A escolha de qual o melhor para sua empresa vai depender de seu objetivo. Se você quer resultados aos poucos e a longo prazo, o tráfego orgânico é o melhor. Mas se for uma campanha específica para vender um produto ou serviço de forma mais rápida, o tráfego pago seria o mais indicado.

Saiba Mais

Crescimento das vendas on-line

As vendas on-line cresceram mais de 100% no Brasil. E seu o negócio faz parte dessa porcentagem de vendas? Estamos passando por um momento de evolução das marcas, e para muitos esse momento significa oportunidade. Para os empreendedores que souberem aproveitar sairão na frente no seu nicho. Com a pandemia causada pelo coronavírus, muitos empreendedores que tinham apenas lojas físicas foi um grande desafio agregar transformação digital ao comércio para uma sobrevivência no mercado.

Muitos microempreendedores começaram as vendas on-line há menos de um mês e estão colhendo ótimos resultados. Com a chegada da pandemia, as redes sociais como o Instagram, se tornaram um ponto de venda para muitos. Grandes marcas e shoppings tão estão investindo no digital, o famoso delivery se tornou a moda do momento. O setor de beleza, por exemplo, teve um  crescimento de 195% nas vendas on-line. Já o setor de moda registrou alta de 80%.

Muitas das vendas são feitas através do instagram da empresa ou pelo Whatsapp de um vendedor. Esses novos pontos de vendas permitem um relacionamento mais estreito com o cliente, recebendo mais rápido e fácil um feedback da compra do produto ou serviço. Ajudando sua marca ao saber como o consumidor está vendo seu produto e onde precisa ser melhorado.

O digital é o que falta para turbinar suas vendas. Com recursos marketing de performance é possível mostrar seu produto para quem realmente tem interesse e para os que já demonstraram interesse e não compraram,  evitando a perda de dinheiro, e investindo de maneira correta para ter resultados, incrível né?.

Saiba Mais

Google, o melhor funcionário para sua empresa

O Google é a principal ferramenta de buscas do mundo todo, você sabia? Aposto que sim, mas ele vai além das pesquisas, viu? O Google possui outras ferramentas que facilitam a sua estratégia de marketing digital, ferramentas que ajudam você ser encontrado pelo seu público.

Google Analytics
Criando uma conta no Analytics, você consegue analisar seu site de forma detalhada. Quantas pessoas visitaram, qual a página de melhor acesso, tempo que aquela pessoa passou no seu site. E assim você pode verificar qual conteúdo está dando certo, o que seu público procura.

Google Ads
Essa ferramenta fez dele o funcionário do mês da nossa empresa, brincadeiras a parte. A ferramenta é utilizada para criar anúncios, que podem ser divulgados no próprio Google ou em sites parceiros, redes sociais como o instagram. No Google ads, você faz a criação do anúncio como os investimento e acompanha como está indo a sua divulgação.

Planejador de palavras chaves
Com o planejador você descobre termos que podem ser usados na sua campanha de vendas e melhorar a posição do seu site nas ferramentas de busca e assim ser descoberto pelo seu público.

Essa funcionário é dos bons, concorda? E olha que essas são só algumas das ferramentas que podem ajudar sua empresa.

Saiba Mais

Marketing 4.0

O Que é?
O marketing 4.0 é a realidade que a sua empresa precisa encarar o mais rápido possível. Com esse novo cenário fica cada dia mais importante o relacionamento com o cliente. Em outros tempos, as marcas tinham foco apenas no produto, pouco se comunicava com seu público e não competiam pela atenção na internet.

Com marketing 4.0, as empresas precisam investir no relacionamento, estabelecer conexões mais profunda, criar estratégias bem segmentadas para o público e manter o foco em resolver um problema do seu cliente.

Estamos em um tempo que não existe uma separação clara entre o mundo offline e o virtual, está tudo ligado e se engana quem diz que não. Usamos a internet todo tempo, pesquisamos sobre produtos, buscamos recomendações de pessoas que influenciam e compramos on-line, ou pesquisamos e vamos até a loja realizar a compra. O Marketing 4.0 é o marketing centrado no ser humano para cobrir todos os aspectos da jornada do funil de vendas.

No marketing 4.0, as empresas precisam considerar fatores que impactam o consumo:
– Pesquisas em site de busca: As pessoas buscam conteúdo e isso ajuda a estreitar o  relacionamento entre marca e consumidor
– Redes sociais: Canais de relacionamento que aumentam a proximidade
– Negócios digitais: Cada vez mais serviços baseados na internet, como netflix, Uber.

Não tenha dúvidas de uma coisa: o marketing 4.0 vai impactar a sua empresa. Você não pode ficar para trás, o comportamento do cliente mudou, não é mais apenas preço, é experiência que ele vai ter com seu negócio, como vai ser tratado depois da venda. Então é melhor já ir se preparando, já está na hora. O marketing 4.0 chegou.

Saiba Mais